Alunos do projeto ‘Graffito’ participam de palestra sobre o Outubro Rosa

Evento foi realizado no Centro de Referência do Jovem (CRJ), uma das sedes da iniciativa em Leme

Desde 1990, o movimento conhecido como Outubro Rosa busca conscientizar a população feminina e a sociedade em geral sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama. Durante o período, para chamar a atenção, monumentos históricos, pontos turísticos e prefeituras ficam iluminados com a cor rosa, em alusão à campanha.

Para conhecer um pouco mais sobre o Outubro Rosa, os alunos do “Graffito”, projeto que conta com a captação de recursos da Terra Incentivos Fiscais, participaram de uma palestra que abordou o tema. De acordo com o professor Wellington Privatto Soares, Leto, durante o evento, que foi realizado no Centro de Referência do Jovem (CRJ), as palestrantes destacaram várias informações sobre a relevância do autoexame, das práticas saudáveis de alimentação e das atividades físicas para a prevenção do câncer de mama, que, apesar de curável na maioria dos casos, ainda é a doença que mais mata mulheres no Brasil.

Na oportunidade, crianças e jovens atendidos pela iniciativa também participaram de uma dinâmica, que ressaltou a importância de cuidar de si próprio e do outro.

“Espaços como estes são oportunos, pois enfatizam a relevância da prevenção e dos cuidados, além de transformar os jovens em agentes multiplicadores das informações para seus grupos de convívio. O evento possibilita, ainda, a integração entre os alunos do projeto”, comenta Flávia Regina Anversa, Coordenadora do CRJ.

Sobre o projeto

O “Graffito” teve início em agosto e está trabalhando, de forma gratuita, a arte do graffiti através de quatro temas: diversidade étnica, visibilidade de meninas e mulheres na arte de rua, cuidados com o meio ambiente e esporte para promoção da saúde.

O principal objetivo do projeto é levar e fomentar cultura junto às escolas da cidade. As crianças e adolescentes também recebem, gratuitamente, lanche após cada aula e uniforme. A iniciativa faz, ainda, uso da metodologia de controle de talentos, incentivando a frequência e o bom comportamento escolar.

O “Grafitto” tem o patrocínio da empresa TS Tech, por meio da renúncia fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Produtos e Serviços) garantido pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (Proac). O projeto conta com a parceria das Escolas Estaduais Newton Prado, Profª. Altimira Pincke, Profª. Maria Joaquina de Arruda, Prof. Arlindo Favaro e das Escolas Municipais Aparecida Taufic Nassif M. Naif, Helaine Kock Gomes, Ruth Zelina e Raquel dos Anjos Marcelino.

As it turns out, the policy change is actually a tremendous way who can i pay to do my homework within https://justdomyhomework.com to inflate the appearance of excellence