‘Bom de Nota, Bom de Dança – Mococa’ prepara espetáculo de encerramento

A diversidade cultural brasileira será o tema da apresentação final

No dia 22 de setembro, o “Bom de Nota, Bom de Dança”, projeto que contou com apoio da Terra Incentivos Fiscais na captação de recursos oriundos de impostos pelas Leis de Incentivos Fiscais brasileiras, levará ao palco do Teatro Municipal de Mococa o espetáculo “Pindorama”. A peça, que será protagonizada pelos 240 alunos beneficiados pela iniciativa, marcará o encerramento das atividades desenvolvidas pelo projeto ao longo de 10 meses nos municípios de Mococa e Cajuru.

Durante o show, o público presente fará uma divertida descoberta do nosso “Pindorama”. Derivada do Tupi-Guarani, a palavra significa “Terra das Palmeiras”, nome pelo qual os nativos chamavam as terras brasileiras quando do descobrimento. Por meio de danças típicas e de figuras tradicionais, as crianças levarão os convidados para uma viagem pelas cinco regiões do país.

Lívia Mariussi, assistente social da entidade proponente do projeto, explica que, além dos ensaios das coreografias que serão apresentadas no espetáculo, os alunos também têm estudado e pesquisado sobre a rica mistura entre povos e culturas que deu origem ao Brasil.

Ela também fala um pouco mais a respeito da importância de se trabalhar a diversidade cultural em sala de aula. “Ao abordar a pluralidade do nosso país, o professor ajuda a despertar na criança o sentimento de valorização da cultura, além do reconhecimento, respeito e tolerância às diferentes manifestações populares”, destaca.

O espetáculo é aberto ao público e terá início às 20h. O Teatro Municipal fica localizado na rua Rua Barão de Monte Santo, 587, em Mococa.

Sobre o projeto

A iniciativa oferece aulas de balé, danças urbanas e capoeira para cerca de 240 meninos e meninas de sete a 12 anos, matriculados na rede pública de ensino de Mococa e Cajuru. O projeto também atende adultos na modalidade de capoeira.

A ideia central do “Bom de Nota, Bom de Dança” é apresentar uma nova perspectiva de mundo para os alunos, colocando a dança como extensão do aprendizado em sala de aula. “Percebemos um impacto muito positivo no dia a dia dos participantes. Grande parte dos alunos já esteve no projeto no ano anterior e retornou”, explica Mariana Souza, coordenadora do projeto.

O projeto atende de forma gratuita e fornece uniforme e lanche para as crianças. Também trabalha metodologia de controle de talentos, incentivando a frequência e o bom comportamento escolar.

O Ginásio de Esportes São Clarão, em Mococa, abriga as aulas de danças urbanas e balé. Já as aulas de capoeira são realizadas nas APAEs de Mococa e Cajuru.

O patrocínio do projeto é feito pela Suporte Rei e pelo Supermercado União, ambos por meio da renúncia fiscal do ICMS (Imposto sobre Circulação de Produtos e Serviços) garantido pelo Programa de Ação Cultural do Estado de São Paulo (PROAC). A iniciativa também conta com o apoio da Prefeitura Municipal de Mococa.

Beauftragen sie autor businesswriter https://www.best-ghostwriter.com/hausarbeit-schreiben/ ber content