Atleta do Rumo ao Pódio, Victor Rocha é destaque no judô paulista e primeiro da família a ingressar no ensino superior.

Atleta do projeto Rumo ao Pódio, executado pela Associação de Judô Corpore Sano, Victor Rocha se moldou como judoca e através dos ensinamentos conquistados na modalidade está mudando o seu destino e de sua família.  Integrante do projeto há 4 anos, judoca coleciona conquistas e reveza os treinamentos com a faculdade de Educação Física .O esporte, mais do que uma atividade física, é um importante agente transformador dentro da sociedade. Num país onde muitos são esquecidos pelas autoridades, o esporte é o refúgio e ponto de mudança de vida para muitos jovens atletas.

Aos 20 anos de idade e cursando Educação Física por influência de seus professores no judô, Rocha é o primeiro de sua casa a ingressar no ensino superior. O atleta também revelou que escolheu o curso para poder aprimorar ainda mais seus conhecimentos dentro do esporte.

Através dos projetos sociais esportivos, muitos talentos ganharam projeção e tiveram a opção de mudar de vida. Esse é o caso do judoca ribeirão-pretano Victor Rocha, 20 anos.

“Eu escolhi a educação física para aprender mais sobre o judô e treinamento esportivo, que são coisas que sempre estiveram presentes na minha vida. Minha mãe tem o curso técnico de enfermagem, mas ensino superior, eu fui o primeiro da minha casa”, revelou Rocha.

Há 4 anos no projeto, Rocha é faixa preta 1º Dan e já coleciona títulos vestindo as cores do projeto. Campeão dos Jogos Abertos e Regionais, o judoca também teve resultados expressivos quando ocupou o 3º lugar no Ranking Paulista e o 20º lugar no Ranking Nacional. Rocha é titular da equipe que representa Ribeirão Preto em competições.

“O judô me deu a oportunidade de conhecer várias cidades pelo Brasil, me trouxe amizades que vou levar para vida e o mais importante, foi o que me moldou como pessoa, através da sua filosofia. Todos os professores que eu tive me ensinaram lições muito importantes que sempre vou aplicar na minha vida”, afirmou.

Responsável pelo projeto, Cleber do Carmo afirma que é muito gratificante poder mudar a vida de um jovem não somente no âmbito esportivo, mas também auxiliar nas questões e escolhas pessoais.

“O caso do Rocha é mais um dos que nos enchem de orgulho. Temos diversos exemplos aqui dentro de pessoas que mudaram de vida através do esporte. O projeto é um suporte e uma oportunidade para muitos. O Rocha sempre foi um atleta dedicado e disciplinado. Fico muito feliz que os ensinamentos que ele recebeu transcenderam o tatame e hoje ele está se formando em Educação Física”, disse Cleber.

Além de atleta, Rocha também se tornou um dos professores que dão aulas no Educa Judô Fase Estadual, outro projeto proposto pela Associação de Judô Corpore Sano, que ensina a modalidade para crianças de 4 a 12 anos e é, atualmente, o maior projeto socioeducativo do Estado de São Paulo.